5 razões para ler A Idade dos Milagres

Já comentei sobre A Idade dos Milagres, mas não de forma aprofundada. Eu também não me lembrava com detalhes da história, visto que só fiz uma única leitura dela, há muitos anos. Fiquei com vontade de ler agora e devo dizer que desta vez senti um impacto ainda maior com a mensagem que a autora Karen Thompson Walker quis passar quando escreveu o livro.

Parando para digerir A Idade dos Milagres, percebi que, por mais comum que possa ser a narrativa, a temática é muito complexa. O livro, embora adote a perspectiva de uma criança de 11 anos, consegue levantar questionamentos de uma forma direta e surpreendentemente madura.

Leitores novos deveriam chegar a esta história. Por isso, elaborei uma lista com cinco motivos para convencê-los a dar uma chance a ela, injustamente esquecida pelo mercado.

1. Tesouro inexplorado

Como eu disse, A Idade dos Milagres não fez sucesso no Brasil (e nem lá fora, eu acho). Por ser um livro publicado em 2012, parece que o timing já passou, mas garanto que não é tarde para explorar essa história e entrar para o clube enxuto dos que leram e tiraram boas reflexões sobre sua temática central.

Foto de Karen Thompson Walker, autora do livro

2. Um evento apocalíptico na rotina

O livro é narrado por Julia. Assim como o resto do mundo, a garota e sua família estão presenciando um evento histórico: a diminuição da velocidade de rotação da Terra. Os dias começam a ficar cada vez mais longos a ponto de não conseguirem mais acompanhar as horas do relógio.

Ao mesmo tempo que Julia tenta se adaptar a esse cenário de extremos, onde pássaros começam a morrer, a força das marés atinge casas inteiras e uma síndrome de causas desconhecidas é descoberta, ela se agarra à rotina e aos dilemas da pré-adolescência: o primeiro garoto, o relacionamento abalado dos pais, a falta de amigos etc.

Walker cria uma dinâmica bem interessante, principalmente considerando a gravidade do desgaste social e ambiental, que se contrapõe aos temores da infância e da juventude.

3. Sociedade

A Idade dos Milagres trabalha muito com a dinâmica da sociedade em tempos de completa desordem. Uma coisa que o livro faz muito bem é mostrar quão frágeis são as relações sociais, e como elas podem ruir diante de um problema de nível global.

Todas as regras deixam de ter valor. As condutas não são mascaradas. O que prevalece é o instinto e a percepção individual de que “eu estou certo e o outro errado”.

4. O meio-ambiente pede ajuda

Falar de A Idade dos Milagres é falar do meio-ambiente. Não tem como não olharmos para todo o cenário fictício como algo próximo da nossa realidade. Talvez as mudanças não sejam tão visíveis do lado de cá, mas com certeza estão acontecendo.

Trecho de A Idade dos Milagres

Walker não explica o que ocasionou a mudança na Terra, mas está implícito. Modificamos a fauna e a flora, transformamos mais terras verdes em estradas de asfalto, consumimos uma quantidade exacerbada de energia… As consequências aparecem no meio-ambiente, que não vê outra saída além de revidar.

5. Semelhança com os dias atuais

Sei que tem gente procurando sugestões de livros que se passam em épocas parecidas com os dias atuais. Embora não fale de pandemia, notei que o livro possui algumas semelhanças com o que estamos vivendo agora.

Por exemplo, uma cena recorrente na história – e que temos visto na nossa realidade também – é o estoque desnecessário de alimentos e itens de higiene pessoal. Nos momentos finais, as pessoas também acabam ficando isoladas dentro de casa, ainda que por motivos diferentes dos nossos.

Como se não bastasse, vemos o estresse dos personagens e o crescimento da intolerância com quem é ou pensa diferente, além de muitas atitudes egoístas protagonizadas pelos “donos da razão”.

Publicado por Diana Cheng

Jornalista, 23 anos. Adora passar horas perdida na narrativa de um bom livro. Além de ler, também se arrisca em escrever textos aleatórios e poemas sentimentais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
<span>%d</span> blogueiros gostam disto: